domingo, 24 de julho de 2011

Mudam as notas
Muda o tempo, o perigo...
As formas, chuvas e cores...

As plantas também mudam
Tudo transforma
O drama... Os sentidos tombam

Mas ainda sim, inspirado...
Profundo, perdido... Embrulhado!
Continuo sem flores!



Nenhum comentário:

Postar um comentário